Transgênicos: expectativa do fim da rotulagem retoma debate

Senado está prestes a votar mudanças. Brasileiros temem a falta de segurança do consumo, mas preocupação com saúde individual pode ofuscar os grandes problemas Por Raquel Torres, do Outra Saúde O debate sobre alimentos transgênicos voltou a se aquecer no Brasil com a evolução da tramitação, no Senado, do projeto de lei que altera a rotulagem … Continuar lendo Transgênicos: expectativa do fim da rotulagem retoma debate

Xavantes: o audacioso convite aos não-índios

Jurandir Siridiwe, liderança histórica de um povo guerreiro narra a luta pela preservação do território e explica as bases de uma experiência rara de turismo para a autonomia indígena e preservação da natureza Entrevista a André Takahashi

Wallerstein: assim 1968 começou

O dia 23 de abril de 2018 marca o 50º aniversário do levante estudantil na Universidade Columbia, em 1968. Visto que me envolvi de várias maneiras nos acontecimentos, quero oferecer um testemunho sobre o que aconteceu e quais me parecem hoje as mais importantes lições a extrair.

Tudo muda e permanece igual: diálogo com um militante sobre as novas formas de criminalização dos movimentos populares no Brasil

Entrevista com José Valdir Misnerovicz: Esta edição da Revista InSURgência reflete a urgência de se pensar o agigantamento do Estado Penal e a sofisticação de seus braços de controle, especialmente na realidade do capitalismo dependente.

Wallerstein: roteiro para Marx, duzentos anos depois

POR CATEGORIAS: ALTERNATIVAS, CAPA, MUNDO, PÓS-CAPITALISMO No bicentenário do filósofo alemão, capitalismo parece mais brutal que nunca. Qual a atualidade do principal crítico do sistema? Por que lê-lo no original – não em segunda mão? Immanuel Wallerstein, entrevistado por Marcello Musto, na Truthout | Tradução: Inês Castilho Durante três décadas, a ideologia e políticas neoliberais … Continuar lendo Wallerstein: roteiro para Marx, duzentos anos depois

Cómo paramos las masacres en Medio Oriente y la expansión de las guerras imperialistas

Declaración internacional http://www.po.org.ar/prensaObrera/online/internacionales/como-paramos-las-masacres-en-medio-oriente-y-la-expansion-de-las-guerras-imperialistas. Con el pretexto de que los gobiernos de Bashar al-Assad y Putin han vuelto a utilizar armas químicas contra la población civil, esta vez en Douma, un barrio próximo a Damasco, Donald Trump, la inglesa May y el francés Macron han anunciado represalias de enorme alcance destructivo contra las posiciones militares, bases … Continuar lendo Cómo paramos las masacres en Medio Oriente y la expansión de las guerras imperialistas

Atlas do envenenamento alimentar no Brasil

FONTE: HTTP://WWW.UNICAMP.BR/UNICAMP/JU/ARTIGOS/LUIZ-MARQUES/ATLAS-DO-ENVENENAMENTO-ALIMENTAR-NO-BRASIL TEXTO LUIZ MARQUES FOTOS REPRODUÇÃO | GREENPEACE | DANIEL BELTRÁ EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA No âmbito da expansão global do capitalismo comercial e industrial desde o século XVI, três aspectos indissociáveis conferem ao Brasil posições de indisputada proeminência. (1) Somos o país que, durante quase quatro séculos, mais indivíduos escravizou em toda a história … Continuar lendo Atlas do envenenamento alimentar no Brasil